INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS

CAMPINARTE DICAS E FATOS / O NOSSO JORNAL FALADO

Notícias da CMDC

Duque de Caxias, na Baixada Fluminense - Google Notícias

Translate

Edição de Dezembro - 2017

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

sábado, 12 de julho de 2014

TODOS CONTRA O COMÉRCIO / Huayrãn Ribeiro

Dentre os diversos segmentos que ajudam a compor uma comunidade, o comércio é sem dúvida um dos mais importantes. É o comércio quem gera renda, emprego e é quem dá um caráter de civilidade a maioria dos bairros. O que nos causa (ainda) certo espanto é o fato de tudo estourar no pequeno e no médio comerciante que fica totalmente abandonado, entregue a própria sorte. O pequeno e o médio comerciante acabam sendo transformados numa espécie de bode expiatório para tudo. Mesmo pagando todos os seus impostos, arcando com as suas responsabilidades como empregador, colaborando aqui e ali com instituições de caridades, asilos, creches, e principalmente apoiando, decisivamente, as campanhas políticas, essa categoria vem sofrendo com o desrespeito daqueles que teoricamente teriam que trabalhar a seu favor, mas, que inexplicavelmente agem como se fossem verdadeiros inimigos do comércio. Quando não agem diretamente contra o comércio, permitem, com sua omissão, que outros o façam.
É lamentável que o pequeno e o médio comerciante tenham que pagar a conta da incompetência, do desrespeito, da omissão, do descaso, da corrupção que acaba gerando mais e mais violência nas comunidades. E no meio do fogo cruzado lá está o comércio. A mercê de todo tipo de gentalha fabricada por esse sistema político.
Então eu pergunto: Por que será que odeiam tanto o pequeno e o médio comerciante? O leitor saberia explicar?