INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS

CAMPINARTE DICAS E FATOS / O NOSSO JORNAL FALADO

Notícias da CMDC

Duque de Caxias, na Baixada Fluminense - Google Notícias

Translate

Edição de Dezembro - 2017

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

terça-feira, 17 de junho de 2014

Campinarte Huayrãn Ribeiro / O Campinarte não tem nada com isso!

Se a educação não é prioridade na sua cidade, se os professores são despreparados, mal pagos, o dinheiro da merenda foi desviado, o material escolar é CARÍSSIMO, as escolas são desconfortáveis, não são climatizadas, em muitos casos a falta d’água é uma constante, sinto muito, mas o Campinarte não tem nada com isso.
Se a coleta de lixo no seu bairro, na sua cidade, não está sendo feita com a regularidade habitual e se as pessoas estão jogando sacos e mais sacos de lixo pelas ruas entupindo bueiros ou jogando nos rios ou se a sua cidade não tem um programa de coleta seletiva e nem promove campanhas educativas no que diz respeito ao lixo, o problema não é do Campinarte. O Campinarte não tem nada a ver com isso!
Se o transporte público não é de qualidade, as passagens são caras e se o tratamento dispensado aos usuários de ônibus, trens, barcas, aviões, taxis e vans deixa (e muito) a desejar, o Campinarte não tem nada com isso!
Se o cidadão não tem respeitado o seu direito de ir e vir por conta da ação de traficantes que ocupam nossas comunidades exigindo pagamento de pedágio, exigindo um “relatório”, por exemplo, saber quem você vai visitar obrigando que à noite pisque os faróis e/ou saia do seu carro para ser revistado por Eles impondo o terror, a lei do silêncio e outras coisas mais, repito: o Campinarte não tem nada com isso!
Se no seu bairro a desordem no comércio é generalizada, se as calçadas são ocupadas irregularmente, se as lojas só comercializam produtos piratas, não são legalizadas e o que é pior: não assinam as carteiras de seus funcionários descumprindo a legislação e outras aberrações a mais, quero que fique bem claro o seguinte: o Campinarte não tem nada a ver com isso.
A população tem que se mobilizar e cobrar das autoridades que façam (pelo menos) o seu dever de casa, afinal de contas foram eleitos por essa mesma população que na hora que deveria botar a boca no trombone se acovarda, se cala, perdendo dessa forma uma excelente oportunidade de dar um basta a essa situação ao invés de perder o seu tempo cobrando do Campinarte como se o nosso informativo fosse eleito pra isso, como se o Campinarte tivesse autoridade pra isso, como se o Campinarte tivesse poder pra isso. O Campinarte não tem nada a ver com isso!