INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS

Notícias da CMDC

Duque de Caxias, na Baixada Fluminense - Google Notícias

Translate

A VOZ DO CAMPINARTE

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

sábado, 17 de novembro de 2012

SECRETARIA MANTERÁ AULAS DE REFORÇO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA EM 2013


Os alunos do ensino médio da rede pública estadual continuarão a receber aulas de reforço das disciplinas de Matemática e Língua Portuguesa no ano letivo de 2013. O anúncio foi feito pelo subsecretário de Gestão Escolar da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc), Antonio Neto, nesta quarta-feira (14/11), durante audiência pública da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Durante o evento foi discutida a redução da carga horária das disciplinas de Filosofia e Sociologia, para darem lugar às aulas de reforço. Segundo Neto, a opção de reduzir um tempo de aula das matérias se deu após um diagnóstico feito pela pasta que mostrava uma necessidade urgente de reforço em Língua Portuguesa e Matemática. Atualmente os alunos estão tendo apenas um tempo semanal de aulas de Filosofia e Sociologia.
Presidente da comissão, o deputado Comte Bittencourt (PPS) acredita que há a necessidade de aprofundar o debate sobre a questão curricular do ensino médio. “Se reduziu uma carga horária para se ampliar em Matemática e Língua Portuguesa, que são disciplinas fundamentais, centrais de qualquer projeto educacional. Mas Sociologia e Filosofia também têm um papel importante nessa grade, é uma escolha difícil e esse é o começo de um debate que pretendemos aprofundar em 2013 aqui na comissão”, afirmou. O subsecretário disse que o diagnóstico feito pela rede mostrou a necessidade de ações emergenciais nas duas disciplinas. “Ao nos deparar com essa situação tivemos que fazer uma opção e optamos pelo reforço escolar, que é algo que, estrategicamente, para funcionar bem, tem que funcionar no próprio turno, caso contrário o aluno não retorna para a escola. Queríamos garantir que no turno desses alunos eles tivessem alguns tempos para o reforço escolar e, no ano que vem, vamos continuar garantindo esse tempo na matriz curricular, por isso reduzimos os dois tempos de filosofia e sociologia para um”, contou.
Neto disse, ainda, que no próximo ano a Secretaria vai se reunir com representantes dos sindicatos para conversar sobre o tempo das aulas de Filosofia e Sociologia. “Nós iremos conversar com os sindicatos e passar para eles o nosso planejamento. Também pretendemos discutir a possibilidade de organizar o tempo dessas disciplinas na matriz curricular, em 2014”, pontuou. Presidente do Sindicato dos Sociólogos, Nilton Soares lembrou a importância das disciplinas para a formação de um cidadão. “A Secretaria reduziu o tempo que já era pouco e isso fez com que a disciplina ficasse impraticável de ser oferecida para o aluno. É uma disciplina importante para formar um cidadão mais reflexivo, para pensar na nossa realidade, nas desigualdades sociais", pontuou, acrescentando que o resgate da carga horária inicial é essencial. "O estado do Rio é pioneiro na inclusão dessas disciplinas como obrigatórias no ensino médio e agora reduziu a carga horária, isso nos entristece”, disse Soares. Os deputados Paulo Ramos (PDT) Marcelo Freixo (PSol) também estiveram presentes.
(texto de Vanessa Schumacker)
Pedro Motta Lima
Diretoria de Comunicação Social da Alerj
(21) 2588-1627 / 2588-1404