INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS

CAMPINARTE DICAS E FATOS / O NOSSO JORNAL FALADO

Notícias da CMDC

Duque de Caxias, na Baixada Fluminense - Google Notícias

Translate

Edição de Dezembro - 2017

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

REPELENTE QUE COMBATE AEDES AEGYPTI INTEGRARÁ A CESTA BÁSICA

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou nesta segunda-feira (21/12), em segunda discussão, o projeto de lei 1.247/15, que inclui os repelentes de insetos que tenham em sua composição a lcaridina, DEET ou IR3535 nos produtos que compõem a cesta básica. Essa composição combate o mosquito causador dos vírus da Dengue e do Zika vírus. 
O projeto é de autoria da bancada feminina da Casa, as deputadas Ana Paula Rechuan, Daniele Guerreiro, Martha Rocha e Tania Rodrigues (todas do PMDB), Enfermeira Rejane (PCdoB), Lucinha (PSDB), Marcia Jeovani (PR) e Tia Ju (PRB). 
De acordo com as autoras, o objetivo é proteger, principalmente as gestantes, do mosquito Aedes aegypti. A importância de ser um protetor com um dos componentes citados é pelo fato de ser o único que combate este mosquito específico. 
“A ideia é que com menos impostos esse tipo de repelente tenha a redução de seu custo para o consumidor, pois ele custa cerca de 50 reais, então, nessa época de surto que oferece sérios riscos para as gestantes, temos que viabilizar esse produto”, explicou Ana Paula Rechuan. 
O texto seguirá para o governador Luiz Fernando Pezão, que terá 15 dias úteis para decidir pela sanção ou veto.