INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS
O Campinarte é independente. Não recebe subvenção de nenhuma prefeitura, governo de estado e muito menos do governo federal. Não somos uma organização não governamental, fundação, associação ou centro cultural e também não somos financiados por nenhum partido político ou denominação religiosa. Não somos financiados pelo tráfico de drogas ou milicianos. Campinarte Dicas e Fatos, informação e análise das realidades e aspirações comunitárias. Fundado em 27 de setembro de 1996 por Huayrãn Ribeiro.

Pesquisar este blog

VOCÊ É O VISITANTE

Translate

Edição de Junlo / 2018

CAMPINARTE DICAS E FATOS / O NOSSO JORNAL FALADO

Leia Também

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Ação integrada de abordagem a moradores de rua é realizada no centro de Caxias

A Prefeitura de Duque de Caxias realizou nesta quarta-feira (27/01), mais uma ação integrada de abordagem a moradores de rua em três diferentes pontos do centro da cidade. Equipes das secretarias municipais de Assistência Social e Direitos Humanos; Serviços Públicos; e Defesa Civil e Políticas de Segurança estiveram nas praças Roberto Silveira e Humaitá, e no entorno da quadra da Acadêmicos da Grande Rio onde encontraram cerca de 40 pessoas vivendo nas ruas. Apesar da orientação, apenas 12 aceitaram ir para o abrigo. Todo material encontrado nesses locais, como cama, sofás e restos de alimentos foram recolhidos. A ação contou com o apoio do 15º Batalhão da Polícia Militar e com a Guarda Municipal.
Ação contou com o apoio da Guarda Municipal e da Polícia Militar
A secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Claudia Peixoto, lembra que estas ações são realizadas constantemente e pede a colaboração da população. “Precisamos da ajuda de todos nessa luta dia. É importante que não forneçam material ou alimentos que favoreçam a permanência dessas pessoas nas ruas. Uma ajuda momentânea pode gerar danos irreparáveis na vida do morador de rua. Oferecemos todo o auxílio a essas pessoas, acolhemos em abrigos, mas muitos acabam voltando para as ruas”, explicou a secretária, ressaltando ainda que muitos desses moradores de rua são oriundos de outros municípios, como Rio de Janeiro, São João de Meriti, Queimados.
Ação integrada abordou moradores de rua em três pontos do centro
Os moradores de rua abordados que concordam em ser encaminhados são levados para o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP), onde são atendidos por uma equipe técnica que direciona e possibilita uma melhora no quadro social, buscando a família, tirando documentação, encaminhando para instituições que cuidem de problemas relacionados ao consumo de drogas.A Prefeitura de Duque de Caxias realizou nesta quarta-feira (27/01), mais uma ação integrada de abordagem a moradores de rua em três diferentes pontos do centro da cidade. Equipes das secretarias municipais de Assistência Social e Direitos Humanos; Serviços Públicos; e Defesa Civil e Políticas de Segurança estiveram nas praças Roberto Silveira e Humaitá, e no entorno da quadra da Acadêmicos da Grande Rio onde encontraram cerca de 40 pessoas vivendo nas ruas. Apesar da orientação, apenas 12 aceitaram ir para o abrigo. Todo material encontrado nesses locais, como cama, sofás e restos de alimentos foram recolhidos. A ação contou com o apoio do 15º Batalhão da Polícia Militar e com a Guarda Municipal.
Ação contou com o apoio da Guarda Municipal e da Polícia Militar
A secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Claudia Peixoto, lembra que estas ações são realizadas constantemente e pede a colaboração da população. “Precisamos da ajuda de todos nessa luta dia. É importante que não forneçam material ou alimentos que favoreçam a permanência dessas pessoas nas ruas. Uma ajuda momentânea pode gerar danos irreparáveis na vida do morador de rua. Oferecemos todo o auxílio a essas pessoas, acolhemos em abrigos, mas muitos acabam voltando para as ruas”, explicou a secretária, ressaltando ainda que muitos desses moradores de rua são oriundos de outros municípios, como Rio de Janeiro, São João de Meriti, Queimados.
Ação integrada abordou moradores de rua em três pontos do centro
Os moradores de rua abordados que concordam em ser encaminhados são levados para o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP), onde são atendidos por uma equipe técnica que direciona e possibilita uma melhora no quadro social, buscando a família, tirando documentação, encaminhando para instituições que cuidem de problemas relacionados ao consumo de drogas.
Ação integrada de abordagem a moradores de rua é realizada no centro de Caxias