INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS

CAMPINARTE DICAS E FATOS / O NOSSO JORNAL FALADO

Notícias da CMDC

Duque de Caxias, na Baixada Fluminense - Google Notícias

Translate

Edição de Dezembro - 2017

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Duque de Caxias se prepara para a Feira de Cultura e da Gastronomia

Cidade comemora também seu padroeiro
Quem passa pelo Centro de Duque de Caxias já entra no clima da Feira de Cultura e da Gastronomia, que começa nesta sexta-feira (10/6). Ao longo da Avenida Governador Leonel de Moura Brizola (antiga Presidente Kennedy), as barracas ganham estrutura. O ritmo é acelerado, afinal em poucas horas milhares de pessoas estarão circulando pela via para conhecer as atrações da festa e as delícias gastronômicas. Na Praça do Pacificador, a corrida também é grande para deixar tudo pronto. Ali, estarão concentrados os quiosques dos restaurantes da cidade que levam para a feira pratos criados especialmente para o evento. Os visitantes poderão curtir a Feira até o dia 13 de junho.
Palco está sendo montado na Praça do Pacificador1
Para facilitar a circulação do público, a Prefeitura organizou um esquema especial de trânsito. A Avenida Governador Leonel Brizola ficará interditada entre a Rua Nunes Alves e a Avenida Dr. Manoel Teles, onde estão as barracas para venda de comidas típicas, doces, artesanato, entre outros atrativos.
Para quem gosta de música não faltarão atrações. Responsável por preparar a programação cultural, a secretaria municipal de Cultura e Turismo apostou na valorização do artista local. O secretário André Oliveira explicou que esse ano todas as atrações musicais são de Duque de Caxias e foram selecionadas através de edital.
Barracas da Feira de Cultura e Gastronomia já estão montadas ao longo da Av. Leonel Brizola
“A Feira de Cultura de Duque de Caxias se consolida no calendário cultural do Estado. Apostamos na qualidade e diversidade da programação. Na parte musical, os artistas foram selecionados através de um edital e serão aqui da cidade. Outro destaque é a parte literária, onde autores lançarão livros”, disse o secretário.
Organizado pela Vezes Três Produções e Eventos, o evento conta com o apoio da Prefeitura de Duque de Caxias, que fornecerá a infraestrutura, através das secretarias de Ações Institucionais e Comunicação, Saúde; Defesa Civil e Políticas de Segurança; Transporte e Serviços Públicos; da Guarda Municipal; e autorizações e parceria da FM O Dia e Unigranrio, através do incentivo fiscal (ICMS) da secretaria de Cultura do Estado e do Governo do Estado do Rio de Janeiro. A feira é patrocinada pela Coca Cola, Andina Brasil, Outlet Premium, Prologis, CCP, Rei Gráfica, Cilento, Frescato, Lei de Incentivo à Cultura e CEG. A segurança estará a cargo das polícias Civil e Militar.
Programação Cultural
No palco da literatura e da gastronomia no dia 10, será apresentado o espetáculo “De Machado a Gonzagão”, às 19h. No palco do Teatro Raul Cortez a parte musical contará com apresentação da quadrilha junina União Caipira, às 20h40, seguida da apresentação do cantor Iuri Andrade e das bandas Rock Jazzil e Valve.
No sábado (11/6), a partir das 13h, na Biblioteca Municipal Governador Leonel Brizola, serão promovidos lançamento de livro, bate-papos com autores, oficinas, debates e show com MCs e DJ. No palco externo do Teatro Raul Cortez o grupo Jequitibá de Poesias vai se apresentar a partir das 13h50.
Espaço da gastronomia pode receber até 100 pessoas por oficina e aula show
O palco Literatura e Gastronomia receberá a banda “El Toco” e mesa sobre os temas “O Brasil no cenário dos quadrinhos e da cultura pop” e “A força do Rock independente na Baixada”. As atividades começam a partir das 14h.
Na programação de domingo (12), constam atividades literárias na Biblioteca Governador Leonel Brizola, a partir das 14h, com poesia, mesas de debate e bate papo, lançamento de livros, oficinas. No palco de Literatura e Gastronomia, os MCs Fernando Borges, Bruno Max e Igor Patrício participarão da mesa sobre o tema “Caneta, batidão e a rima”. No palco do teatro Raul Cortez, as quadrilhas juninas “É o amor” e “Cangaço Carioca”, a banda Lira de Ouro e a cantora Kátia Maria vão se apresentar a partir das 17h.
Festa organizada pela Catedral de Santo Antônio também conta com apoio da Prefeitura
No dia 13, a partir das 13h, serão realizadas várias atividades culturais na Biblioteca Governador Leonel Brizola. Às 17h, a chef Fernanda Cabral dará aula de culinária infantil com o tema “Pic Nic”. No palco externo do teatro Raul Cortez, haverá apresentações de poesias para o público na Praça do Pacificador. A partir das 16h, é a vez do grupo de quadrilha junina “Molecada que agita”. Em seguida vão se apresentar os cantores Nando Bonfá, Dominguinhos do Recife e a banda Blackman. O fechamento da Feira de Cultura e da Gastronomia será com a apresentação de passistas, mestre-sala e porta-bandeira e da bateria “Invocada”, da escola de samba Acadêmicos do Grande Rio.
Gastronomia
A Feira da Gastronomia deste ano terá a participação dos restaurantes Rei do Bacalhau, Restaurante Gralhos, Acarajé da Jô, Toca do Pepé, Mussarela, Edinho do Caranguejo, Point da Picanha e Galeto Caxias, que funcionarão no primeiro dia a partir das 20h e nos demais a partir das 13h.
As aulas-show ou oficinas vão oferecer o aprendizado de novas técnica, pratos apresentados pelos chefs convidados e a degustação das criações apresentadas. O público estimado é em torno de 100 pessoas por oficina.
No sábado (11/6), o chef Elia Shramm dará aula de gastronomia com o tema “Vem pro Nordeste”, às 18h30. No dia 12, no mesmo horário, a chef Luiza, do Bar da Gema dará aula sobre o tema “Vem que tem coxinha” e, no dia 13, dia de Santo Antônio, a chef Fernanda Cabral dará aula infantil com o tema “Pic Nic”.
As oficinas na Praça do Pacificador acontecerão com acesso gratuito para a população e serão direcionadas a jovens, adultos e idosos que têm a intenção de aprimorar e fortalecer a cultura gastronômica, principalmente local, além de proporcionar o contato com chefs conhecidos nacionalmente e internacionalmente.
Festa do padroeiro
Outra festa que atrai uma multidão para o Centro, é a organizada pela Catedral de Santo Antônio, em comemoração ao padroeiro de Duque de Caxias, santo Antônio.  A quermesse também tem o apoio da Prefeitura, com serviços de infraestrutura.  Até o dia 13, serão celebradas missas e uma programação variada.
De 9 a 13 - Quermesse no pátio da igreja; Dia 10 - 20h - abertura oficial;
Dia 11 – 9h30 - missa da Saúde pelas pessoas enfermas;
Dia 12 – 18h - Missa com casais de namorados, noivos e esposos;
Dia 13 – Dia do Padroeiro
- 6h – Missa dos Trabalhadores,
- 7h30 – Missa Solene da Comunidade
- 9h30 – Missa dos Devotos
- 11h – Oração de Devoção ao Santo
- 12h30 – Missa pelos Comerciários
- 14h – Oração de Devoção ao Santo
- 15h – Missa pela Juventude
- 17h30 – procissão seguida de missa solene. Durante todo o dia haver é distribuição do pão abençoado, aconselhamentos, visita à imagem de Santo Antônio no quiosque da Pia União, e benção dos pães ao final das missas.
O Santo
Batizado de Fernando Bulhões, Santo Antônio era um frade franciscano, nascido em 1195, em Portugal, mas viveu durante a maior parte de sua vida em Pádua, na Itália. Apesar de não ter em seus sermões nada específico sobre casamentos, Santo Antônio ficou conhecido como o santo que ajuda mulheres a encontrarem um marido por conta da ajuda que dava a moças humildes para conseguirem um dote e um enxoval para o casamento. Ele morreu no dia 13 de junho de 1231, nos arredores de Pádua, na Itália, com apenas trinta e seis anos de idade e foi sepultado numa basílica que se tornou lugar de peregrinação. No ano seguinte ele foi canonizado pelo papa Gregório IX.