INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS

CAMPINARTE DICAS E FATOS / O NOSSO JORNAL FALADO

Notícias da CMDC

Duque de Caxias, na Baixada Fluminense - Google Notícias

Translate

Edição de Dezembro - 2017

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

..:: Momento Espírita ::..Uma jornada de cura

O perdão substitui sentimentos hostis que destroem a organização física, a paz, por sentimentos positivos que fazem o corpo se acalmar, relaxar, melhorando a saúde.
Agarrar-se a um ressentimento por meses ou anos significa assumir um compromisso com a raiva.
O perdão pode ser um poderoso antídoto contra a raiva. Quem se permite consumir pela raiva faz ligações perigosas com a hipertensão crônica e tem aumentado o risco de doenças cardíacas.
Além de acarretar benefícios emocionais, purgar a raiva pode ajudar a curar parte do que nos aflige fisicamente.
O simples fato de pensar em solucionar uma mágoa já pode ajudar.
Vale a pena perdoar! É uma questão de desejar o bem para si mesmo.
*   *   *
Se não conseguirmos perdoar totalmente, o fato de não estar fervendo de raiva, nem planejando vingança, é um bom começo.
De toda forma, o perdão é poderoso. Embora não possa mudar o passado, o fato de confrontar problemas não resolvidos e as pessoas por trás deles, pode conduzir a um futuro mais saudável e feliz.
Pensemos nisso!
Redação do Momento Espírita, com base no artigo
 O poder do perdão, de Lisa Collier Cool, de
 Seleções Reader’s Digest, de junho/2004.
Em 12.9.2016.

Leia o texto completo