INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS
O Campinarte é independente. Não recebe subvenção de nenhuma prefeitura, governo de estado e muito menos do governo federal. Não somos uma organização não governamental, fundação, associação ou centro cultural e também não somos financiados por nenhum partido político ou denominação religiosa. Não somos financiados pelo tráfico de drogas ou milicianos. Campinarte Dicas e Fatos, informação e análise das realidades e aspirações comunitárias. Fundado em 27 de setembro de 1996 por Huayrãn Ribeiro.

Pesquisar este blog

VOCÊ É O VISITANTE

Translate

Edição de Ago. / 2018

CAMPINARTE DICAS E FATOS / O NOSSO JORNAL FALADO

Leia Também

terça-feira, 24 de abril de 2018

PREFEITURA E UFRJ AJUSTAM ÚLTIMOS DETALHES PARA INAUGURAÇÃO DO CAMPUS DUQUE DE CAXIAS/UFRJ

A Prefeitura de Duque de Caxias vai realizar o sonho de milhares de pessoas com a inauguração do novo campus da Universidade Federal do Rio de Janeiro, em Santa Cruz da Serra, prevista para o dia 06/08. O Campus Duque de Caxias/UFRJ Prof. Geraldo Cidade está em fase final de conclusão de obras e garantirá um importante avanço para os universitários, hoje instalados em Xerém, em containers, completamente diferente dos dois prédios que serão inaugurados, onde os alunos poderão contar com uma infraestrutura moderna, confortável e muito mais favorável aos estudos.
        Em reunião na última sexta-feira (13/04), na sede do governo municipal, o prefeito Washington Reis recebeu o professor Herbert Guedes, diretor do Campus Duque de Caxias, acompanhado de Evandro Souza e Lenilson de Oliveira, respectivamente o diretor e o vice-diretor administrativo da unidade. Durante o encontro, cada uma das partes ressaltou os últimos detalhes que ainda precisam ser resolvidos para a inauguração.
        Ficou acertado que o prefeito Washington Reis fará a doação definitiva do terreno para a universidade durante a cerimônia, com a entrega do RGI. Além disso, a Prefeitura construirá uma  república para alojamento dos estudantes. Do total de alunos do campus, cerca de 70% é morador da Baixada Fluminense, o que significa que não só universitários de Duque de Caxias frequentarão as aulas, mas também pessoas vindas de diversas regiões do estado. Caberá ao governo municipal, ainda, providências para tratamento de esgoto, estacamento e concretagem para estacionamento e instalação de internet no campus.
        “Vamos realizar um grande projeto de infraestrutura ao redor da universidade. Queremos que os alunos tenham conforto e segurança para estudar aqui e faremos do Campus Duque de Caxias um local de fomento à educação. Teremos muitas histórias para contar de universitários que se formarão aqui. Serão muitos casos bem sucedidos e profissionais vitoriosos se formando em Caxias. Para colaborar com a mobilidade dos estudantes, resolveremos a questão da construção da passarela de acesso e do ponto de ônibus próximo”, destacou o prefeito Washington Reis
        O Campus Duque de Caxias/UFRJ Prof. Geraldo Cidade possui aproximadamente R$ 12 milhões de investimentos apenas nos laboratórios. 
O local ganhou esse nome em homenagem ao primeiro diretor do Polo Xerém, que atende atualmente a cerca de 700 alunos nos cursos de Biofísica, Biotecnologia e Nanotecnologia. Com a transferência para a nova unidade, haverá ainda a oferta dos cursos de Engenharia Física e Ciências Farmacêuticas com ênfase em Biofármacos, que será o primeiro curso desta área no país. A expectativa é de que, em cinco anos, o campus atenda a mais de dois mil alunos.