INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS

Notícias da CMDC

Duque de Caxias, na Baixada Fluminense - Google Notícias

Translate

A VOZ DO CAMPINARTE

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

sábado, 21 de outubro de 2017

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Mulheres que Inspiram na Baixada Fluminense / 28/10/2017


Pelo Twitter, CIA anuncia 'demissão' de labradora desinteressada em farejar explosivos

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Festa em Homenagem ao dia das Crianças / Rua J / Nova Campinas

Veja algumas imagens enviadas por moradores da Rua J – área 1 (Nova Campinas) da Festa realizada em 12 de outubro de 2017 em homenagem ao Dia das Crianças.
A organização caprichou na produção e não deixou que nada faltasse e essa foi, com certeza, uma das festas mais concorridas do ano no conjunto. 
Clique nas imagens baixo:
         

O mozão está bravo com você? Faça igual esse gatinho!

terça-feira, 17 de outubro de 2017

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

AGORA É LEI: POLÍTICA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE CONSUMO SUSTENTÁVEL É CRIADA

Considera-se consumo sustentável o uso dos recursos naturais sem comprometer as necessidades das gerações futuras. Tendo por base este conceito, foi criada a Política Estadual de Consumo Sustentável, como determinação da Lei 7.742/17, de autoria do presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), deputado Jorge Picciani (PMDB). A medida foi sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão e publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (16/10). 
Entre os objetivos da política estão a redução do acúmulo de resíduos sólidos, do consumo de água e energia e de recursos naturais tanto nos domicílios quanto na indústria e no comércio. Além disso, o texto define a criação de uma política de redução de embalagens por parte dos fabricantes, priorizando materiais recicláveis, e o incentivo à certificação através de selos ambientais. “O consumo desenfreado é responsável por acelerar o esgotamento de recursos naturais. Cabe ao poder público promover a educação ambiental que leva a um consumo sustentável e consciente”, afirmou o autor na justificativa do texto.
O poder público deverá tornar obrigatório às empresas que fazem a divulgação de seus produtos o alerta sobre os impactos ambientais, além de promover campanhas em prol do consumo sustentável e a formação continuada em Educação Ambiental dos profissionais da educação. O tema não será implantado como uma disciplina específica no currículo de ensino, mas desenvolvida como uma prática educativa integrada com as demais disciplinas.

Inspiração: De catadora de lixo a funcionária da Justiça do RJ

Sonho, dedicação e garra marcaram a história de Lívia Marinho Lessa Barboza, 39 anos, técnica judiciária do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.
Com uma infância difícil e cheia de medos, ela é a prova de que o esforço e a vontade de crescer levam além. Conhecer a trajetória de pessoas que começaram do nada e construíram uma história marcada pela determinação é sempre empolgante, e com ela não foi diferente.
“Fui criada em um bairro pobre, em Duque de Caxias. Era a mais velha dos quatro filhos. Sou ex-catadora de lixo de Caxias. Havia entre mim e meus irmãos um acordo que dividia a atividade de catar lixo por categorias, de acordo com a possibilidade de cada um: cobre para o mais novo, alumínio para o seguinte, vidro para minha irmã e ferro para mim. Éramos quatro irmãos inseparáveis, dividíamos tudo: as alegrias, as tristezas, os sofrimentos…”
Dificuldade é a palavra que define essa etapa na vida de Lívia. A necessidade de sair do aperto, das lágrimas e da vida sofrida fez a sonhadora correr atrás do tempo perdido. “Cresci e fui trabalhar fora. De 1994 até o fim de 2002, trabalhava no comércio, com muitas dificuldades para conciliar o trabalho e a família, já que o horário de trabalho, em diversas áreas comerciais, é extremamente cruel, agregando sábados, domingos e feriados como dias de expediente normal. Ainda inconformada com a minha vida, passei por uma banca de jornais no shopping em que trabalhava e li uma notícia: ‘Concurso para TJ-RJ: só 2º grau’. Naquela época eu não tinha o ensino médio. Saí do meu emprego e peguei o dinheiro de seis anos de trabalho e investi em um curso preparatório, tive de investir de corpo e alma no meu objetivo.”
A tão sonhada estabilidade financeira foi uma das motivações para terminar o ensino médio e iniciar o curso preparatório. A vontade de ter uma vida mais confortável e mais segura levou Lívia a prestar concurso. Segundo ela, estudar era uma necessidade, uma forma de sustento. “Cada vez menos eu tinha oportunidade de ver as minhas filhas, e a vontade de ter um horário flexível e poder planejar um futuro mais próspero foi o que me impulsionou.”
“Você tem de ir até o fim”
Naquele momento, Lívia se aventurou no desconhecido e se deparou com muitos obstáculos. “Conciliar as aulas do supletivo com o preparatório não era fácil. São milhões de informações que precisam ser apreendidas. São objetivos diários. Por exemplo, ‘minha meta hoje é superar 12 horas de estudo’, e concretizava. Quando você determina algo para sua vida, você tem que ir até o fim.”
Mesmo com todo o esforço, o início foi bem complicado. E em 2004, o sucesso, enfim, foi alcançado. No ano em que completou o ensino médio, Lívia foi convocada. “A prova foi realizada no início de 2004, no mesmo período em que estava concluindo o ensino médio. Fui aprovada para o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) e para o Tribunal Regional Federal (TRF). Concluí o ensino médio em junho de 2004 e fui convocada em julho do mesmo ano. Depois disso, entrei para a faculdade e cursei Letras.”
A ex-catadora é exemplo de que uma realidade complicada não é necessariamente sinônimo de fracasso. Mesmo com um cenário que parecia ser o pior possível, ela venceu. Havia uma necessidade de sobrevivência, uma veia de esperança. “O estudo era uma maneira de sobreviver”, diz ela.

“Só a educação leva a algum lugar”
Para a servidora, todas as pessoas têm condições de ingressar em uma carreira pública. Mas o desejo tem de vir carregado de muito esforço e boa vontade, planejamento e uma boa rotina de estudos. Esse é o caminho mais seguro para a aprovação. Além disso, ter o apoio das pessoas em volta também é uma segurança imensa na caminhada.
“Só através da educação chegaremos a algum lugar. Ter a oportunidade para se preparar é um diferencial. Minhas filhas e meu marido me apoiaram intensamente para que eu concretizasse o meu sonho. A partir dali, montei uma rotina de estudos e segui em frente. Eu deixei o lazer e horas de descanso de lado, priorizei os meus estudos e coloquei aquilo como minha maior meta”, lembra.
Se o desejo é profundo, pode se tornar acessível. Qualquer pessoa que se determine a um objetivo, seja ele qual for, tem oportunidade de alcançá-lo. “A sensação de sonhar o meu sonho e concretizá-lo é saber que tudo que eu passei foi pelo meu esforço, é particular, ninguém me permitiu, eu me presenteei. Eu estou no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro por mérito e aprovação. Sou vencedora!”, comemora Lívia Marinho.

Marcos Valério à Luz do Espiritismo / Não somos Kardecistas, somos Espíritas...


“Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”, o espiritismo é a minha verdade, algo que escolhi como filosofia, a razão e a emoção caminhando lado a lado e tendo a ciência e a religião como fundamentos em seu tríplice aspecto: ciência, filosofia e religião.
Eu sou Marcos Valério, 52 anos, casado, nascido em Pernambuco, ensino médio (incompleto) e profissional da construção civil (pedreiro).
ESTAREMOS JUNTOS A PARTIR DE AGORA AQUI NA COLUNA “À LUZ DO ESPIRITISMO”.
Eu como trabalhador da Doutrina dos Espíritos quero através desta coluna levar até vocês uma análise dos fatos do nosso dia a dia, mas sempre à luz da Doutrina dos Espíritos.

Qual a diferença afinal de uma coisa para outra?
O primeiro ponto a ser levantado é o fato de que Allan Kardec em nenhum momento trouxe para si como se estivesse construído ou criado uma nova religião e assim a batizando de kardecismo, a doutrina foi passada a ele pelos espíritos venerandos e, diga-se de passagem, não foi de uma hora para outra, dedicou-se dos 51 anos até seu desencarne com 64 ao trabalho incessante em codificar o Espiritismo, palavra esta que foi criada por Kardec, ou seja, um neologismo, e Espírita é quem ou o que é adepto do espiritismo.
Toda religião que admite a existência da alma e acreditam na influência deste mundo invisível que é o mundo espiritual, são espiritualistas, e assim, como temos religiões como a Umbanda e o Candomblé, nossos irmãos, por questões pessoais, não me cabe aqui o tom de questionamento, quando é perguntado qual a sua religião, respondem, espíritas, e assim quando alguém que estuda o espiritismo é perguntado sobre sua religião e responde ser espírita, há então você é do candomblé? Ou você é umbandista? Daí para desassociar o espiritismo com outras religiões espiritualistas usa-se o termo kardecismo, o que é incorreto.
O detalhe a ser levantado aqui é o fato de que esse termo cresce dentro das casas espíritas e isso trás, infelizmente, desconforto entre os membros, e até, divisões por parte daqueles que estudam a doutrina e os que se dizem conhecedores do espiritismo, o problema é maior quando seus dirigentes começam a usar o termo kardecismo abertamente em seus estudos públicos ajudando ainda mais a difundir este erro.
(A propósito sobre a frase acima que intitula este artigo foi dita pelo médium Divaldo Franco).
Muita paz e luz / Marcos Valério

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Os doguinhos e seus piores ângulos



Briga entre tráfico e milícia pode ter motivado chacina

Festa em Homenagem ao Dia das Crianças / Nova Campinas - 2017

Dia 12 de outubro foi bastante movimentado em Nova Campinas, a Associação de Capoeira Casa do Engenho (Fundador - Mestre Levy) tomou a iniciativa de realizar uma linda festa em homenagem ao Dia das Crianças.
Produzida e organizada pelo Mestre Dominguinhos e o Contramestre George, a programação teve início logo cedo na principal praça do conjunto com a tradicional roda de capoeira com a participação de várias personalidades da capoeira do Estado do Rio de Janeiro.
Em seguida, todos se dirigiram para o Bar do Roberto (Rua 10 - esquina com Av. B, também em Nova Campinas) para prosseguimento da programação que contou com muitas atrações: brinquedos para as crianças, refrigerantes, cachorro-quente, churrasco, sorteio de brindes, a organização também caprichou no arroz, farofa, feijão branco com bacon e muito mais.
Veja abaixo algumas imagens enviadas pelo contramestre George:
  

  

terça-feira, 10 de outubro de 2017

E se um chimpanzé aparecesse na sua porta?

Adega Point do Vinho / Música ao Vivo -


Adega Point do Vinho – Avenida Automóvel Club-
(em frente ao Posto Texaco) - Santa Cruz da Serra
Telefone: 2675-7041 / Preços Especiais para Atacado e Varejo!

E se uma onça subisse na árvore do seu quintal? ��

Filha de Beira-Mar pode assumir mandato na Câmara de Vereadores de Duque de Caxias

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

sábado, 7 de outubro de 2017

Igreja Católica Jesus Bom Pastor - Nova Campinas‎ / Tarde com Maria

Igreja Católica Jesus Bom Pastor - Nova Campinas 
Avenida A Lote 1,2 e 3 Quadra 100 
‎Tarde com Maria / Sábado, 7 de outubro às 12:00 - 18:00

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

GESTÃO DEMOCRÁTICA NAS ESCOLAS É DEBATIDA EM DUQUE DE CAXIAS

ABERTURA DOS JOGOS ESTUDANTIS LEVA ALEGRIA À VILA OLÍMPICA DE CAXIAS

ABERTURA DOS JOGOS ESTUDANTIS LEVA ALEGRIA À VILA OLÍMPICA DE CAXIAS

personESPORTE E LAZER access_time05/10/2017 14:25
O incentivo à prática de esportes e a melhoria na qualidade de vida são alguns dos principais objetivos do trabalho desenvolvido pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer da Prefeitura de Duque de Caxias. Na última terça-feira (03/10), a Secretaria realizou a abertura da 48ª edição dos Jogos Estudantis do município que, este ano, reunirá mais de 3.500 estudantes de escolas das redes pública e privada dos quatro distritos....
GESTÃO DEMOCRÁTICA NAS ESCOLAS É DEBATIDA EM DUQUE DE CAXIAS

GESTÃO DEMOCRÁTICA NAS ESCOLAS É DEBATIDA EM DUQUE DE CAXIAS

personEDUCAÇÃO access_time05/10/2017 13:24
Foi aprovado na última terça-feira (03/10), na Câmara de Vereadores de Duque de Caxias, o Projeto de Lei nº 27/GP/2017, fruto do trabalho de discussão da comissão especial determinada pelo prefeito Washington Reis, montada para debater a questão da adequação do município à meta 19 do Plano Nacional de Educação (PNE)....
PREFEITURA DE DUQUE DE CAXIAS INICIA CONSTRUÇÃO DA NOVA CEASA

PREFEITURA DE DUQUE DE CAXIAS INICIA CONSTRUÇÃO DA NOVA CEASA

personOBRAS access_time05/10/2017 12:07
A Prefeitura de Duque de Caxias iniciou a limpeza de um terreno localizado às margens da Rodovia Washington Luiz, entre os bairros Jardim Gramacho e Campos Elíseos. A área total possui cerca de três milhões de metros quadrados e a área construída terá 551 mil. ...
OFICINAS PREPARATÓRIAS PARA A 5ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE POLÍTICA AGRÍCOLA E DESENVOLVIMENTO RURAL MOBILIZA AGRICULTORES

OFICINAS PREPARATÓRIAS PARA A 5ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE POLÍTICA AGRÍCOLA E DESENVOLVIMENTO RURAL MOBILIZA AGRICULTORES

personAGRICULTURA E ABASTECIMENTO E PESCA access_time05/10/2017 09:58
A Prefeitura de Duque de Caxias, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Abastecimento, Agricultura e Pesca, realizou no dia 02 de outubro, na localidade de Piranema, no 4º Distrito de Xerém, a 1ª Oficina Pré-Conferência Municipal de Política Agrícola e Desenvolvimento Rural, como o objetivo de debater sobre os principais problemas vivenciados pelos produtores rurais, que dificultam o Desenvolvimento Rural e elencar propostas para superar os problemas....
Prefeitura Municipal de Duque de Caxias

CAMPANHA DE VACINAÇÃO ANIMAL CONTINUA NESTE SÁBADO NO TERCEIRO DISTRITO

A secretaria municipal de Saúde, através da Coordenaria de Vigilância Ambiental e Zoonoses, atendendo determinação do prefeito Washington Reis, prorrogou a campanha de vacinação contra raiva, dando continuidade a imunização na área do terceiro distrito. A meta do governo é imunizar 80 mil cães e gatos no município.
Neste sábado, 07/10, a campanha de imunização “Vai deixar seu amigo morrer de raiva” vai atender a população em seis postos de vacinação no terceiro distrito. A Coordenadoria informa que a finalizando os terceiros e quatro distritos, a campanha segue para o primeiro distrito. As ações de vacinação no município contam com a participação de 50 agentes de saúde e voluntários, estão sendo disponibilizadas cerca de 5 mil doses da vacina. Informações sobre o calendário de vacinação poderão ser obtidos pelo telefone 0800-2827788, de segunda a sexta-feira das 9h às 17h.

Os postos vão funcionar das 9h às 16h30 nos seguintes locais:
- Ciep 171
Rua Feliciano Sodré, s/n - Santa Lúcia
- Associação de Moradores do 22 de Abril
Rua Menezes, n 39 - Conjunto 22 de Abril, Imbariê
- Escola Municipal General Mourão Filho
Rua 18, s/n - Jardim Anhangá
- Praça Dona Marina
Rua Cantora Elis Regina (Antiga Projetada) – Jardim Imbariê
- Colégio Estadual Fernando Figueiredo
Rua Goiandira, n 379 - Imbariê
- Associação de Moradores ABAJA
Rua XX , lote 12, quadra 55 - Jardim Anhangá

CAXIAS CAPACITA VOLUNTÁRIO NA LUTA DE COMBATE A DENGUE NO VERÃO

Coordenaria de Vigilância Ambiental, Vetorese Zoonoses da secretaria de Saúde de Duque de Caxias capacitou dois mil voluntários para ajudarem, no próximo verão, na luta de combate ao mosquito aedes aegypti causadores da dengue, chikungunya, zica e febre amarela. A entrega dos certificados será neste sábado (07/10), às 9h, na sede da Coordenadoria, em Campos Elíseos. A iniciativa contou com a parceria da Defesa Civil Municipal, da  Fundação de Apoio à Escola Técnica, Ciência, Tecnologia, Esporte, Lazer, Cultura e Políticas Sociais de Duque de Caxias (Fundec), do Processo Apell e dos Bombeiros Civil Voluntários.
O curso teve duração de um mês (de 5 de agosto a 2 de setembro) com palestras ministradas por técnicos e biólogos da Coordenadoria de Vigilância Ambiental, Vetores e Zoonoses. Durante a capacitação os alunos aprenderam como identificar o mosquito, conhecer seus hábitos e sua fase de vida, além de as divisões do município, seus quarteirões e como é feito o trabalho de campo para eliminar o mosquito.

Essa doguinha quer pegar a bolinha que está no céu

Os vira-latas mais fofos que a internet já viu

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE LIBERTA 31 PÁSSAROS SILVESTRES NO PARQUE DA TAQUARA

Antecipando a comemoração pelo Dia das Aves, celebrado em 05 de outubro, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Duque de Caxias realizou a soltura de 31 pássaros silvestres no Parque Natural Municipal da Taquara, nesta quarta-feira (04/10). Os animais, que provavelmente seriam vendidos clandestinamente, foram encontrados em uma casa abandonada e recolhidos pelos fiscais da SMMA após denúncia e apreensão pelos agentes do 15º BPM (Batalhão de Polícia Militar).
Os profissionais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente avaliaram os animais, constataram que os mesmos estavam em boas condições de saúde e foram engaiolados recentemente. Por estarem bem fisicamente, os pássaros foram soltos na mata logo de manhã, fizeram o reconhecimento do local e ganharam liberdade com a presença do secretário Celso do Alba, do subsecretário Vitor Hugo Kaczmarkiewicz e de agentes da SMMA.
A operação realizada pela Secretaria foi orientada pela equipe do Departamento de Fiscalização Ambiental, que conta com dois biólogos experientes em resgate de animais. O local escolhido para libertação dos pássaros, o Parque Natural Municipal da Taquara, faz um corredor com a Área de Proteção Ambiental (APA) Petrópolis. A região encontra-se em uma área de Mata Atlântica ainda bem preservada onde as espécies catalogadas na apreensão constituem parte do ecossistema.
O Parque Natural Municipal da Taquara é um equipamento público da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, onde a Equipe de Educação Ambiental e a Equipe de Unidades de Conservação intensificam o trabalho de educação e conscientização com os alunos das escolas das redes particular e municipal, mostrando a importância que a fauna e a flora tem para o equilíbrio do planeta.
Saiba mais sobre o Parque da Taquara
O parque fica na Estrada Cachoeira das Dores, 3465, Taquara, Duque de Caxias. O local funciona para visitação todos os dias, das 9h às 17h, e, para trilhas, de segunda a sábado, no mesmo horário. Para essa atividade, os visitantes devem agendar com antecedência, em virtude da necessidade de acompanhamento. Mais informações sobre esse e outros equipamentos públicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente podem ser obtidas diretamente na SMMA, localizada à Alameda James Franco, 03, Jardim Primavera, ou pelo telefone (21) 2773-6243.

http://dc.caxias.br/noticia/secretaria-de-meio-ambiente-liberta-31-passaros-silvestres-no-parque-da-taquara/186

Essa aranha não lembra um certo Pokémon?

O animal de cada Signo

9 textos para ler se você ama animais

7 motivos amar os bichanos

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Câmara parabeniza Secretaria de Esporte por Jogos Estudantis (Duque de Caxias)

A 48ª edição dos Jogos Estudantis Duquecaxiense, que deve reunir cerca de 3.500 alunos das redes pública e privada, teve abertura nesta terça-feira, dia 3, quando os vereadores aproveitaram para congratular, durante sessão plenária, a Secretaria de Esporte e Lazer pela iniciativa. 
“Parabenizo nosso amigo e vereador, secretário Serginho, pela abertura dos jogos estudantis, que é muito importante para nossos alunos”, disse o vereador Beto Gabriel (PV). 
“Junto com a educação, o esporte é a ferramenta de maior transformação social e, muitas vezes, o poder público não reconhece. Tenho dois desportistas em casa e sei da transformação que faz na vida da pessoa”, afirmou o vereador Catiti (Podemos). 
“O secretário Serginho e o prefeito, através do Ministério do Esporte, trouxeram verba para nosso Município, que vai servir para reformar o Centro Olímpico, que está realmente precisando, e também praças esportivas da nossa Cidade”, ressaltou a vereadora Delza de Oliveira (PRP). 
“Também quero parabenizar o secretário Serginho, em que pese a crise financeira da Cidade, ele tem tentado garantir mais esporte à população”, destacou o vereador Marcos Tavares (PSDC). 
META 19 – Ainda na sessão plenária desta terça-feira, a Câmara aprovou a Lei nº 27/GP/2017, que normatiza a gestão democrática da educação pública no Município. 
A lei dispõe sobre autonomia pedagógica, conselhos escolares, eleições diretas para diretores e grêmios estudantis. 
“Essa lei vai trazer benefícios à Cidade, pois regulamenta discussões feitas ao longo do tempo pela sociedade civil, conselho de educação e esta Casa”, lembrou o vereador Eduardo Moreira (PT). 
“Sei que o Sepe participou de todo processo e no Município não tem ninguém com maior entendimento e domínio técnico”, reforçou o vereador Gilberto Silva (PPS). 
“Toda a construção do projeto segue de forma bem legítima à Constituição e o Plano Nacional de Educação estabeleceu de forma inequívoca essa discussão, estamos legitimando aqui o que é uma conquista, mostrando à população que respeitamos a lei como ela foi construída”, enfatizou o vereador Nivan Almeida (PRP). 
“No papel, a gestão democrática é perfeita e contribui muito com a educação dos nossos alunos. Mas, para tudo isso dar certo, vai depender muito da Secretaria de Educação, do Sepe e da fiscalização dessa Casa”, concluiu o vereador Chiquinho Grandão (PP).

Estudantes de Duque de Caxias enfrentam problemas com o RioCard

Estudantes que precisam pegar ônibus em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, têm enfrentado problemas para chegar à escola. De acordo com as reclamações, diversos alunos tiveram o RioCard bloqueado e os motoristas de ônibus não permitem que eles embarquem mesmo uniformizados e portanto a declaração escolar. 
Alguns pais de alunos, eles chegaram a procurar a Prefeitura de Duque de Caxias para tentar resolver a situação, mas sempre o sistema está fora do ar, e eles permanecem sem solução para o problema. 
Uma assistente social filmou o momento em que alunos tentaram entrar em um ônibus do município e foram impedidos. Uma estudante contou que isso tem afetado o desempenho dela na escola. 
“Ano passado, por eu estar sem o RioCard, e também teve a greve, que afetou muito a minha escola, eu acabei pegando dependência por causa das faltas. Eu faltei muitas vezes pois não tinha dinheiro, não tinha condições porque eu morava distante da escola”, contou a aluna. 
O Bom Dia Rio tentou contato com a Prefeitura de Duque de Caxias, mas, até a publicação desta matéria, não obteve retorno. (G1)

4 de Outubro: Dia Mundial dos Animais

Histórias de animais do acervo da @revistapiaui

Já existem 60 ideias legislativas com mais de 20 mil apoios. Você tem uma ideia?

Tsunami de 2011 no Japão põe em risco fauna dos EUA

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Outra tartaruga de mar resgatada

Recuperação asfáltica na rua Ferreira de Menezes, no bairro Imbariê - 3° Distrito

Delegacia da junta comercial começa a funcionar em Duque de Caxias |SolidáRio Notícias

Foi inaugurada nesta segunda-feira (02/10), em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, a sede da 15ª Delegacia da Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro – JUCERJA. O atendimento à população está sendo feita na nova sede, na Praça Roberto Silveira, 31/2º andar, centro do município.
Durante a cerimônia, que contou com a presença do prefeito Washington Reis, foi lançado o sistema de Alvará Eletrônico do município. O novo sistema tem como objetivo trazer mais transparência e menos burocracia ao processo de liberação de alvarás de funcionamento e localização no município.
Com a nova Delegacia Regional da JUCERJA o cidadão terá ao seu alcance, entre outros, serviços para a legalização de empresas, regularização fiscal e concessão de alvará de funcionamento. Todos os processos serão efetivados por meio do REGIN – sistema online que reúne órgãos federais, estaduais e municipais que, por estarem integrados, torna mais ágil e sem burocracias os registros e alterações dos atos empresariais. Para a implantação deste sistema, a prefeitura contou com o apoio do Conselho Regional de Contabilidade (CRJRJ), e do SEBRAE-RJ.
Para o subsecretário de Fazenda e Planejamento, Carlos Ampliato, a abertura da Delegacia da JUCERJA e o lançamento do alvará eletrônico, vem cumprir uma determinação feita diretamente pelo prefeito Washington Reis. “Desde o início de seu mandato, o prefeito nos deu essa tarefa, de desburocratizar e dar maior transparência para que o empresário possa investir e empreender no município”, afirmou Ampliato.
Em sua fala, o presidente da JUCERJA, Luiz Velloso, destacou o funcionamento do sistema digital. “A Junta Comercial já começa o seu trabalho no município utilizando o sistema digital, que permite o registro de empresas em até 48 horas. Com o alvará digital vamos ter empresas abertas e legalizadas num prazo de até cinco dias. Isso é um marco para o desenvolvimento, não só de Duque de Caxias, mas de todo o Estado”.
A cerimônia marcou ainda a entrega do primeiro alvará eletrônico emitido no município, ao empresário Gabriel Pagoto, pelo prefeito Washington Reis. Ele agradeceu a parceria do Governo do Estado, através da JUCERJA, e de todos os envolvidos para que Duque de Caxias pudesse dar esse importante passo para recuperar sua economia. “Desburocratizar e facilitar o processo para que novas empresas sejam instaladas no município sempre foi um compromisso nosso. E para fazermos isso temos que mudar não só o processo, mas também uma cultura que cria dificuldades para vender facilidades”.
Delegacia da junta comercial começa a funcionar em Duque de Caxias |SolidáRio Notícias

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Jovem é preso suspeito de matar o pai a facadas em Duque de Caxias - Rio - O Dia

Polícia apreendeu a faca na residência deles, onde ocorreu o crime. Lucas Ribeiro Barreto, de 22 anos, foi preso em flagrante na noite deste sábado

Rio - Policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prenderam, na noite deste sábado, um suspeito de matar a facadas o próprio pai, em Duque de Caxias. De acordo com a polícia, Lucas Ribeiro Barreto, de 22 anos, foi encontrado em casa, no bairro Nova Campinas, momentos após o crime.
A vítima foi identificada como Oswaldo Luiz Barreto, de 43 anos. A polícia informou ainda que a faca utilizada pelo suspeito foi apreendida na residência. Lucas foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio.

Pesquisa mostra que sete cidades da Baixada Fluminense não tratam esgoto



Está dirigindo sem carteira? / Acesse o código de trânsito para saber mais



Estes direitos estão na Resolução 400/2016 da ANAC - Agência Nacional de Aviação Civil