INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS

Notícias da CMDC

Duque de Caxias, na Baixada Fluminense - Google Notícias

Translate

A VOZ DO CAMPINARTE

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

domingo, 17 de janeiro de 2016

Caxias ganha centro de triagem de materiais recicláveis

Sustentabilidade e geração de renda. Assim irá funcionar o Centro de Triagem de Materiais Recicláveis, inaugurado nesta sexta-feira (15/1), pela Prefeitura de Duque de Caxias, no Jardim Gramacho. O centro é pioneiro no Estado do Rio na utilização de energia solar e reuso de água. A unidade atenderá catadores de sete cooperativas que participam de um projeto piloto na Vila são Luís, no primeiro distrito, de coleta seletiva.
3eec4bf0 900a 4cd1 9d34 d6e74e51b302
Na solenidade de inauguração do Centro de Triagem, o prefeito de Duque de Caxias, Alexandre Cardoso, ressaltou a importância do projeto por envolver não só a questão da sustentabilidade mas também por gerar renda para os catadores. “É um desafio falar em sustentabilidade sem que envolver resultados econômicos. E a implantação deste centro de triagem faz parte de um projeto que tem início, mas que não pode parar. Ao contrário, o objetivo é outros centros como este sejam implantados no bairro, para atender mais e mais catadores desta área”, afirmou o prefeito que estava acompanhado da primeira-dama e secretária de Ações Institucionais de Comunicação, Tatyane Lima e do vice-prefeito Laury Villar.
f0b29fcb 4bc2 4273 afbb a95eb6189ebd
O secretário de Meio Ambiente, Agricultura e Abastecimento, Luiz Renato Vergara, disse que a entrada em funcionamento do Centro de Triagem era um momento importante, e resultado de um projeto para resgatar a cidadania destas pessoas que trabalham com reciclagem.  “ Este é um momento de grande significado para todos, tanto a prefeitura quanto para os catadores.  A Prefeitura acreditou e investiu neste projeto, que foi construído através de recursos provenientes de medidas compensatórias. Com o centro, estamos fazendo o trabalho de inserção social”, disse o secretário.
5f261831 e081 4360 a13a 47baa97e95d0
Vivendo da reciclagem há 15 anos, Jocimar Figueiredo, considerou a criação do Centro de Triagem de Materiais Recicláveis, uma vitória dos catadores. “ A Prefeitura foi positiva ao construir este centro de triagem. Agora, podemos trabalhar com segurança e saber que vamos ter uma renda certa. Torço para que a coleta seletiva não fique somente na Vila São Luís”, diz a catadora. 
c53722eb 0fd5 4a8c 9c84 6aa12bd830ff
Estiveram presentes secretários municipais, vereadores e representantes de cooperativas de catadores.
Estrutura do Centro de TriagemOcupando uma área de 1.200 metros quadrados o Centro de Triagem de Materiais Recicláveis, na Avenida Monte Castelo, no Jardim Gramacho, conta com sete cooperativas de catadores: Coopgram, Cooptotal, Cooper Amigos do Meio Ambiente, Cooper Prosperar, Ambiental Cooper, Cooper Vida e Cooper Ideal. A unidade foi construída através de medidas compensatórias, sem que a Prefeitura tenha investido recursos no centro.
8d8c52f5 f3a4 43d0 a62c ae9a29887583
O centro, resultado de uma parceria com a organização não governamental (ONG), Onda Verde, é o primeiro no Estado a utilizar energia solar e o reuso de água. O material reciclável é recolhido pelos catadores na Vila São Luís, onde a Prefeitura, através da secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Abastecimento desenvolve um projeto-piloto de coleta seletiva. A previsão é coletar diariamente 12 toneladas de material reciclável. Outra novidade oferecida pelo centro de triagem é um aplicativo com informações ao usuário sobre o serviço de coleta seletiva (coletacaxias).