INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS

CAMPINARTE DICAS E FATOS / O NOSSO JORNAL FALADO

Notícias da CMDC

Duque de Caxias, na Baixada Fluminense - Google Notícias

Translate

Edição de Dezembro - 2017

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

terça-feira, 19 de abril de 2016

Caxias intensifica ação de combate à tuberculose

O trabalho da Secretaria de Saúde de Duque de Caxias na campanha e ações em referência ao Dia Mundial da Luta contra a Tuberculose, em março, resultaram na detecção de 13 novos casos da doença no município. As oito unidades de saúde espalhadas pelos quatro distritos também identificaram quatro novos casos de HIV positivo.
 Durante a ações de prevenção da doença foram realizadas 78 baciloscopias (teste para diagnosticar a tuberculose). Com a alta incidência da doença em pessoas portadoras do vírus da AIDS, os profissionais da saúde também disponibilizaram testes rápidos de HIV à população. A campanha examinou 156 pessoas.
 Além da preocupação com o diagnóstico, a Secretaria de Saúde voltou seus esforços para a prevenção, com a realização de palestras educativas e distribuição de material informativo quanto aos cuidados necessários com a tuberculose. Também foram distribuídos preservativos e material informativo sobre DST/AIDS.
  A doença é ainda uma das que mais matam no mundo, embora seja tratável e curável, desde que o paciente siga corretamente a orientação médica. De acordo com dados do Ministério da Saúde, 67.966 novos casos de tuberculose foram identificados em 2014, com taxa de mortalidade de 2,3 casos para cada 100 mil habitantes.
Fatores de risco e transmissão
Idosos, diabéticos, população de rua, dependentes do álcool, insuficientes renais crônicos, doentes com neoplasias ou sob quimioterapia, transplantados e portadores do vírus HIV são os indivíduos com maior risco de desenvolver tuberculose após contato com alguém contaminado.
 Os sintomas de tuberculose pulmonar são: febre com suores e calafrios noturnos, dor no peito, tosse com expectoração, por vezes com raias de sangue, perda de apetite, prostração e emagrecimento que chega a 10 ou 15 kg em algumas semanas.
A tuberculose é transmitida pelo ar, por contato com secreções respiratórias contaminadas e através da tosse por pacientes que apresentam tuberculose pulmonar ou na laringe. O bacilo da tuberculose pode ser transmitido pelo espirro, pelo cuspe ou até por conversas próximas onde há trocas de perdigotos.