INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS

CAMPINARTE DICAS E FATOS / O NOSSO JORNAL FALADO

Notícias da CMDC

Duque de Caxias, na Baixada Fluminense - Google Notícias

Translate

Edição de Dezembro - 2017

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

terça-feira, 5 de abril de 2016

Uma das drogas com efeitos devastadores é o Crack

Nada mais conveniente para SATÃ, O SENHOR DA POLÍTICA, que uma nação de jovens ignorantes, despreparados para o mercado de trabalho, drogados e literalmente cegos.
Adoradores de SATÃ, O SENHOR DA POLÍTICA e promotor de todas as desgraças contra a população (criminosamente) "fecham os olhos" para os efeitos devastadores de uma das drogas mais poderosas que ou com a permissão e/ou com a permissividade do Estado vem sendo utilizada para alienar (e aniquilar) parte da população jovem desse país – O Crack.
Enquanto o uso de cocaína refinada vem caindo e sendo combatido mundialmente, em forma de crack a droga já fez mais de meio milhão de dependentes no Brasil, com índice de morte em torno de 30% em cinco anos, no máximo.
Além da rápida dependência e de alterações cerebrais muito importantes, o usuário pode até mesmo perder a visão.
"As seqüelas oculares decorrentes do uso de drogas variam bastante. Pode-se constatar desde a perda de acuidade e percepção visual, até mesmo ocorrência de hemorragias, aumento de pressão e perda gradual ou total da visão", diz o doutor Renato Neves, diretor-presidente do Eye Care Hospital de Olhos, em São Paulo.
Neves afirma que a cocaína e o crack oferecem os maiores riscos a seus usuários. "A perda de visão pode ser parcial, total, transitória ou não. Estudos em andamento analisam o impacto entre diferentes usuários. Mas é certo que, da mesma forma com que o viciado em cocaína corre risco de perder o septo nasal, o viciado em crack pode comprometer os ossos da órbita por conta do efeito tóxico da fumaça inalada".