INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS

Notícias da CMDC

Duque de Caxias, na Baixada Fluminense - Google Notícias

Translate

A VOZ DO CAMPINARTE

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Papai Noel, peça para o Estado parar de matar nossas crianças


Papai Noel, lembra de mim? 
Eu sou aquele que mora num país tropical e coisa e tal, lembra? 
Papai Noel, eu faço parte daquele povo heroico daquele país bom de bola do mulato inzoneiro das noites claras de luar... O senhor não lembra? 
Papai Noel, nesse caso vou tentar refrescar a sua Memória – preste atenção: Eu sou aquele que mora num país cuja população tem a impressão que a maioria dos desonestos, malfeitores, bandidos, traficantes de armas e drogas, viciados, assassinos, corruptos, fraudadores, covardes, cínicos, egoístas, hipócritas, arrogantes, pedófilos, ambiciosos e afins estão no governo ou municipal e/ou estadual e/ou federal. 
Lembrou agora? Ainda não? 
Papai Noel eu moro naquele país onde o noticiário político mais parece um noticiário policial.... Vai dizer que não lembra? Puxa vida Papai Noel... 
Eu sou daquele país que mais parece um continente onde o crime organizado só é organizado porque conta com a participação de policiais, advogados, juízes, políticos, empresários do comércio ou da indústria, militares, funcionários do baixo ao alto escalão de empresas privadas, públicas e empresas multinacionais. Não é possível! 
Papai Noel, o senhor não lembra? Agora o senhor vai lembrar... 
Eu sou aquele que em época de eleições (só em época de eleições) sou tratado como cidadão... Eu faço parte de um contingente enorme de figurantes que atuam no maior espetáculo FARCISTA desse meu país intitulado FALSA DEMOCRACIA – Agora o senhor está começando se lembrar, certo? Isso, Papai Noel... Exatamente! Isso mesmo, Papai Noel... Onde tudo é só para inglês ver... País do faz de conta do assistencialismo da esmola e da humilhação... Agora o senhor está se lembrando? 
Moro num país tropical onde o esporte mais praticado é o TIRO AO POBRE... Eu sabia que o senhor ia se lembrar de mim! 
Papai Noel, o senhor me deu um baita susto. Estava começando a ficar preocupado. 
Já pensou? O Papai Noel não se lembrar de mim? Logo de mim? Papai Noel, o meu pedido é muito simples. 
Nesse Natal eu gostaria que senhor me desse uns vidrinhos de cola, ou melhor, muitos vidros de cola, pra quê? Explico: É que rasgaram nossas leis básicas, exemplo: Lei Orgânica dos Municípios, as Constituições Estaduais e a Federal. 
Eu acredito que colando, restaurando nossas leis (quem sabe?) elas possam ser cumpridas... Se eu acredito em Papai Noel também acredito que isso seja possível, por que não? 
Eu também acredito em coelhinho da Páscoa, Mula sem Cabeça, Filho de Boto, Saci... Por que não? 
Eu acredito que colando, restaurando nossas leis (quem sabe?) elas possam ser cumpridas... 
Papai Noel, peça para o Estado parar de matar nossas crianças! 
Se eu acredito em Papai Noel também acredito que isso seja possível, por que não?