INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS

CAMPINARTE DICAS E FATOS / O NOSSO JORNAL FALADO

Notícias da CMDC

Duque de Caxias, na Baixada Fluminense - Google Notícias

Translate

Edição de Dezembro - 2017

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Pais devem falar com filhos sobre álcool antes dos 10 anos

Notícias ao Minuto
Estão longe da idade legal para consumir bebidas alcoólicas mas devem ser alertados o quanto antes pelos pais para os perigos que o excesso de álcool provoca.

A Academia Americana de Pediatria apelou aos pais para que falem com os filhos acerca das bebidas alcoólicas e dos perigos consequentes antes que estes completem 10 anos, uma vez que é a partir desta idade e, em média, até aos 13 anos que tendem a ver o álcool como algo aliciante e positivo.

Num relatório publicado na revista Pediatrics, o organismo norte-americano defende a necessidade de evitar o consumo álcool na pré-adolescência e, por isso, salienta a importância de ascrianças até aos 10 anos estarem a par dos perigos que o excesso destas bebidas porta, em especial a nível comportamental e educacional.

Para os investigadores, a exposição a publicidades e à comercialização de bebidas alcoólicas pode levar os jovens pré-adolescentes a cair em tentação ou até mesmo a beber mais álcool, lê-se no site LiveScience.

“Se já estiverem a consumir, a exposição fará com que bebam mais ainda. Portanto, é muito importante começar a falar com as crianças sobre os perigos do álcool tão precocemente”, frisou Lorena Siqueira, professora na Universidade Internacional da Flórida e coautora do artigo publicado na revista científica, que salienta ainda para o facto de 79% dos norte-americanos com 12 anos já consumirem bebidas alcoólicas. 
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)