INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS

CAMPINARTE DICAS E FATOS / O NOSSO JORNAL FALADO

Notícias da CMDC

Duque de Caxias, na Baixada Fluminense - Google Notícias

Translate

Edição de Dezembro - 2017

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

EDUCAÇÃO INFANTIL AVANÇA EM DUQUE DE CAXIAS

Considerando a Educação Infantil como base inicial e fundamental do processo educativo, a Secretaria de Educação de Duque de Caxias vem promovendo uma série de intervenções pedagógicas e estruturais nas 152 unidades escolares da rede de ensino que atendem a esta modalidade, com turmas para estudantes de 1 a 5 anos de idade. No município, a chamada primeira infância é atendida em 33 unidades específicas, entre creches e CCAICs (Creche Centro de Atendimento à Infância Caxiense), além de turmas em outras 119 escolas. A Subsecretaria de Ensino (SSE) começou o ano letivo orientando as unidades a respeito do funcionamento das mesmas e do atendimento à Educação Infantil (E.I.).
Aproximadamente mil profissionais, entre professores e estimuladores materno-infantil atuam diretamente na Educação Infantil da rede, que atende cerca de 10 mil alunos. Com relação ao horário, a Secretaria determina que turmas de creche em tempo integral, para estudantes com idades entre 1 e 3 anos, funcionem das 7h às 17h, turmas de creche em horário parcial, para alunos com idades entre 4 e 5 anos de idade, das 7h às 11h e das 13h às 17h, e CCAICs com horário integral, para alunos com idade entre 1 e 5 anos e indicativo de desnutrição, das 7h30min às 17h.
Uma novidade implementada em 2016 é a adoção de uma agenda individual para os alunos da E.I., cujo preenchimento deverá acontecer diariamente e ao longo do dia, garantindo uma comunicação eficiente entre a escola e a família dos estudantes. Outro diferencial deste ano está sendo o período de adaptação sem interrupções, já que as aulas iniciaram após o carnaval. Durante este período, que se encerrará no dia 26 de fevereiro, os alunos permanecem na unidade, inicialmente, por um tempo mínimo de três horas e, gradativamente, ampliam sua carga horária, até que permaneçam de forma integral. Este é um momento muito especial na Educação Infantil, que requer atenção por parte dos profissionais e necessita de um planejamento específico, que valorize atividades lúdicas e afetuosas, possibilitando uma adaptação tranquila para os alunos. (FONTE / PMDC)